Eduardo Brandão

Eduardo Gustavo Farnese Brandão (15/10/1957 - 24/09/2005) foi um administrador e político nevense. Eleito vice-prefeito em 1992, assumiu o posto do cassado Washington Modesto em entre 30 de agosto de 1995 e 31 de dezembro de 1996, tendo o maior feito atribuído a ele sido a redução da evasão escolar. Em 1998, elegeu-se deputado estadual pelo PMN com 22.778 votos. Quatro anos depois, em 2002, não conseguiu ser reeleito para uma cadeira na Assembleia, dessa vez pelo PL, apesar dos 28.761 votos, ficando entre os suplentes. Eduardo também foi presidente da Fundação Ruralminas. Faleceu em setembro de 2005 deixando viúva a professora e ex-deputada Gláucia Brandão.